Login






Esqueceu a senha?
Sem conta? Criar Conta!

RSS

TORNEIOS ATIVOS
RSS - clique aqui
SUBA SEU NÍVEL
RSS - clique aqui
PÁGINA INICIAL
RSS - clique aqui

powered_by.png, 1 kB

Dor no ombro PDF Imprimir E-mail

O que a maioria das pessoas chamam de ombro é, na verdade, um conjunto de articulações que se combinam com tendões e músculos para permitir um maior número de movimentos do braço que vão desde coçar as costas até fazer um arremesso perfeito. Entretanto, mobilidade tem seu preço: pode levar a problemas crescentes de instabilidade ou bloqueios (impingement) dos tecidos moles, resultando em dor. Você pode sentir dor apenas quando movimenta o ombro ou, até mesmo, a toda hora. A dor pode ser temporária e desaparecer em pouco tempo ou pode continuar e se fazer necessário diagnóstico médico e tratamento.

Esse informativo explica alguns casos comuns e alguns tratamentos para a dor no ombro e ensina como você pode prevení-la. O seu ortopedista (cirurgião ortopédico), um especialista em estruturas músculo-esqueléticas, pode lhe fornecer informações mais detalhadas.

O que causa a dor no Ombro?

A maioria dos problemas no ombro envolve os tecidos moles: músculos, ligamentos e tendões, ao invés de ossos. A maioria desses problemas são classificados em três categorias principais:

- Tendinite / bursite

- Lesão / instabilidade

- Artrite

Outras causas mais raras de dores no ombro são: tumores, infecções e
problemas relacionados aos nervos.

Tendinite

O tendão é uma espécie de cabo que conecta músculos a ossos ou a outros tecidos. A maioria das tendinites resulta do próprio processo de uso e ocorre após anos, sendo muito parecida com o processo de uso da sola de um sapato, o qual, eventualmente, rasga de tanto ser usado. Genericamente, a tendinite subdivide-se em vários tipos:

Tendinite aguda seguindo-se a esforços repetitivos (overuse). Ocorre principalmente após exercícios como os de arremesso e outros esportes ou atividades relacionadas ao trabalho.

Tendinite crônica resultante de uma doença degenerativa ou uso e rompimentos repetitivos devido à idade.

O rompimento e o rasgão de tendões podem resultar de lesões agudas ou de alterações degenerativas devidas à idade avançada. Lesões do manguito rotador são os problemas mais comuns desse tipo. O manguito rotador é um alinhamento de músculos e tendões, os quais permitem o movimento e a estabilidade do ombro.

Bursite

Às vezes, o uso excessivo do ombro leva a uma inflamação e edema (inchaço) de uma bursa - condição conhecida como Bursite. As bursas são sacos cheios de fluidos localizados ao redor das articulações, as quais diminuem o atrito causado pelos movimentos do ombro. A bursite ocorre geralmente em associação com a tendinite do Manguito Rotador. Algumas vezes, os diversos tecidos do ombro tornam-se inflamados e doloridos limitando o movimento e o uso do ombro. Como resultado, a articulação pode até "endurecer", uma condição chamada de "Ombro Congelado". Felizmente, com cuidados apropriados, esse problema frequëntemente resolve-se por si só.

Lesão / Instabilidade

Algumas vezes os ossos em uma das articulações do ombro se movem ou são forçados para fora de sua posição normal. Essa condição de instabilidade pode resultar no deslocamento de uma das articulações do ombro. Deslocamentos (luxações) repetidas, as quais podem ser parciais ou completas, causam dor e falta de estabilidade quando você levanta seu braço ou o move para longe de seu corpo. Quando você levanta o seu braço acima de sua cabeça, o ombro pode parecer estar escorregando para fora do lugar ou você pode sentir uma sensação desconfortável ou diferente que algumas pessoas geralmente referem como "braço dormente" ou "braço morto".

Quando você deveria procurar cuidados Médicos?

Muito pacientes ignoram sintomas mínimos e temporários no ombro. No caso de uma lesão aguda, se a dor for intensa, você deve procurar cuidados médicos assim que possível. Se a dor for menos severa, pode ser seguro esperar alguns dias para ver se o tempo irá aliviar o problema. Se os sintomas persistirem, um ortopedista poderá diagnosticar e tratar seu problema a tempo. Ortopedistas são especialistas especificamente treinados no sistema músculo-esquelético, podendo realizar diagnóstico, tratamento e prevenção de problemas envolvendo músculos, ossos, articulações, ligamentos e tendões.

Diagnósticos de Dores no Ombro

Determinar a causa do problema no ombro é essencial para recomendar o método de tratamento correto. Dessa forma, um exame minucioso será necessário para encontrar as causas de sua dor no ombro.

O primeiro passo é um relato da história médica do paciente. O seu médico irá perguntar como e quando a dor começou, se ela já tinha acontecido antes e como ela já foi tratada, além de outras perguntas sobre sua saúde em geral. Por serem muitas as condições do ombro agravadas por atividades específicas e, também aliviadas por atividades específicas, a história médica pode ser uma ferramenta importante para encontrar a causa e tratamento para sua dor.

Em seguida o seu ortopedista irá fazer um exame físico, o qual pode incluir a procura por anormalidades físicas, tais como: inchaço, deformidade, ou fraqueza do músculo; procura por áreas de sensibilidade, observação do movimento do ombro ( o quão longe e em quais direções você pode movimentar seu braço).

Estudos de Raios-X, podem ser necessários para que o seu ortopedista possa olhar mais de perto os ossos e juntas em seu ombro. Outras técnicas diagnósticas que podem ser incluídas são: Tomografia Computadorizada, a qual gera uma visão mais detalhada da área do ombro; estudos elétricos como o Eletromiograma (EMG), o qual pode indicar danos nos nervos; Artograma, um estudo de Raio-X no qual um contraste é injetado dentro do osso para permitir que o ortopedista veja melhor a junta, os músculos ao redor e tendões. Imagem de Ressonância Magnética e Ultrassom são outras ferramentas diagnósticas para ortopedistas, pois fornecem imagens do tecido macio sem usar radiação.

Artroscopia é um procedimento cirúrgico no qual o ortopedista olha dentro da junta com um telescópio com luz. É, algumas vezes, usado para diagnosticar a causa de dores no ombro. A artroscopia pode indicar lesões no tecido macio que não são aparentes no exame físico, raios-X e outros testes.

Tratamento

O tratamento geralmente envolve atividades alternantes, descanso e terapia física para ajudá-lo a melhorar a força do ombro e sua estabilidade. Medicação pode ser prescrita para reduzir a inflamação e a dor. Se for feita prescrição de medicamentos para aliviar a dor, esta deve ser tomada exatamente como prescrita. Ainda, injeções com medicamentos também podem ser administradas para o tratamento de dores no ombro.

Uma cirurgia pode ser necessária para resolver os problemas no ombro, entretanto 90% dos pacientes com dor no ombro são curados com tratamento de atividades alternantes, descanso, exercício e medicação. Certos tipos de problemas no ombro, tais como um deslocamentos repetidos ou o rompimento do Manguito Rotador podem necessitar cirurgia.

Soluções comuns como evitar exercícios em excesso ou participar de atividades que você normalmente não participa podem ajudar a evitar a dor no ombro.

O MÉTODO DE CODMAN NA SÍNDROME DO OMBRO DOLOROSO

Conceito

Ombro doloroso é uma síndrome caracterizada por dor e impotência funcional de graus variados, que acomete estruturas responsáveis pela movimentação do ombro, incluindo as articulações, tendões e músculos, ligamentos e bursas.

A estes sintomas se agregam àqueles que caracterizam transtornos ou afecções locais ou a distância de implicações etiopatogênicas no aparecimento da síndrome.

Anatomia local

1. Articulações

O ombro é formado por três articulações (gleno-umeral), acrômio-clavicular e esternoclavicular e uma região de deslizamento entre a escápula e região torácica, que são essenciais para todos os tipos de movimentos realizados pelo ombro.

Tendões e músculos

O principal grupo muscular responsável pela movimentação do ombro é o manguito rotador. O manguito rotador é formado pelos seguintes músculos: supra-espinhoso, infra-espinhoso, subescapular e redondo menor. Possui inserção tendinosa no úmero, facilitando a estabilidade articular e propiciando movimentação.

Bursas

A principal é a busca subacromial localizada acima do tendão do músculo supra-espinhoso e abaixo do acrômio.

Ligamentos

São responsáveis pela estabilidade da articulação; os principais são a cápsula gleno-umeral e o ligamento coracoacromial.

Causas

A freqüência aproximada das causas de ombro doloroso é a seguinte:

· Bursites subdeltoidiana ou subacromial com ou sem depósito calcário - 80%;
· Miofibrosites - 8%;
· Artrites do ombro - 5%;
· Outros - 7%.

Em relação às causas de bursite subdeltoidiana ou subacromial temos:

· Atividade excessiva;
· Hiperabdução prolongada;
· Ruptura do supra-espinhoso, infra-espinhoso ou longa porção do bíceps;
· Luxação acrômio-clavicular;
· Fratura do troquiter;
· Irritação por osteófitos;
· Aderência - pacientes crônicos em leito;
· Alterações - inflamações no manguito músculo tendinoso integrado.

Clínica/métodos e avaliação

As formas clínicas do ombro doloroso se classificam da seguinte forma:

a. Quanto à intensidade dos sintomas;
b. Quanto ao tempo do início da doença;
c. Quanto ao exame radiológico.

E quanto ao aparecimento de sintomas como:

a. Agudas;
b. Subagudas;
c. Crônicas;
d. Com ou sem calcificações.

Os sintomas da forma aguda são: dor intensa na região da articulação escápulo-umeral agravada pelos movimentos; irradiação da dor para o pescoço, às vezes para o braço, inserção do deltóides e pontas dos dedos; limitação dos movimentos com dor extrema a ligeira abdução ou rotação; hiperalgesia na região do troquiter, apófise coracóide e sulco bicipital. Os sinais radiológicos são encontrados em 50% dos casos.

Na forma crônica encontramos os seguintes sintomas:

· Atrofia do deltóide supra-espinhoso;
· Incapacidade de movimentos articulação escápulo-umeral (abdução-rotação);
· Dor localizada ou irradiada de pouca intensidade;
· Hiperalgesia em nível do troquiter.
Os sinais radiológicos são de atrofia da grande tuberosidade do úmero (calcificações).

Exame físico

É o principal meio utilizado. Localizam-se pontos de maior sensibilidade à simples pressão digital (inserção supra-espinhoso, longa porção do bíceps, articulação acrômio-clavicular, apófise coracóide, bolsa subacromial).

O arco doloroso de Simmonds é freqüente. A abdução é dificultada na passagem da grande tuberosidade do úmero sob o acrômio.

A manobra de Yergason é positiva para alteração a longa porção do bíceps quando o braço estiver em abdução e o antebraço flexionado em 90 graus. A supinação e a contra-resistência despertam dor na corrediça bicipital.

Importante é o exame em nível do tendão do supra-espinhoso, em que se instalam lesões mais graves.

Elas se localizam em áreas correspondentes ao assoalho da bolsa subacromial, na qual o tendão do supra-espinhoso se adere totalmente à cápsula articular.

Exame radiológico

Freqüentemente o exame radiológico convencional se apresenta normal (valoriza-se o exame físico).

Pode encontrar-se:

· Depósitos calcáreos - bursite calcárea e outras;
· Osteoporose difusa ou localizada;
· Condensação óssea - tumores;
· Lesões líticas;
· Lesões degenerativas - artrose;
· Redução do estreito acrômio-tuberositário (desgaste-desnutrição do manguito tendinoso).

Figura 1 - FOSSA ADENÓIDE ESTRUTURA ESCAPULAR.

 

Figura 2 - LIGAMENTOS E TENDÕES EM TORNO DA ARTICULAÇÃO DO OMBRO.

 

Figura 3 - RELAÇÃO MANGUITO ROTADOR E BURSA SUBACROMIAL.



1. Síndrome do impacto

É uma síndrome dolorosa do ombro acompanhada por alteração na mobilidade local, sendo caracterizada por uma tendinite, geralmente, do tendão do supra-espinhoso e bursa subacromial, com lesão parcial ou total deste ou de outros tendões.

Ocorre com maior freqüência acima dos 40 anos de idade, com predominância da etiologia traumática.

Sabe-se que o impacto causando atrito e posterior degeneração ocorre durante a elevação anterior do braço, ocorrendo contra superfície inferior do acrômio.

Alguns autores descrevem três fases clínicas:

- Fase I: abaixo dos 25 anos, ocorrendo dor aguda após esforço prolongado. Nesta fase há edema e hemorragia em nível de bursas e tendões;

- Fase II: entre 25 e 40 anos de idade e já começa fibrose e espessamento da bursa subacromial, além da tendinite. Paciente queixa de dor noturna e após atividades. Pode ocorrer ruptura parcial do manguito rotador;

- Fase III: acima dos 40 anos. Paciente apresenta dor contínua com perda da força de mobilização devido à ruptura completa de um ou vários tendões.

Diagnóstico

Além da anamnese, podemos utilizar algumas manobras úteis no exame físico, damos preferência à mobilização ativa e passiva do ombro, deixando de lado inspeção, palpação a ausculta que nos fornecerão poucos subsídios diagnósticos.

Movimentos ativos podem estar alterados pela dor e, em casos mais graves, pode estar presente devido a capsulite secundária.

Os principais movimentos são:

· Abdução do braço: aparecimento da dor entre 70o e 120o de abdução, conhecido como "arco doloroso de Simmonds";

MÉTODO DE CODMAN

Baseia-se no ganho de mobilidade com exercícios específicos: o paciente em pé fará uma flexão ligeira do ombro e depois fará movimentos para a extensão, mais tarde para a abdução e adução, e finalmente movimentos circulares para a rotação externa. O objetivo destes exercícios é ganhar flexibilidade e aumentar o movimento articular. A seguir alguns dos movimentos propostos pelo método.


Rotação externa e interna
 
Adução contra-resistência
 
Flexão e extensão contra-resistência
 
Articulação gleno-umeral
 
Exame da corrediça bicipital
 
Exame do manguito rotador



LESÕES PARA POSSÍVEIS APLICAÇÃO DO MÉTODO DE CODMAN

Paciente - 50 anos com calcificações homogêneas na região bicipital bursite calcárea
 
Paciente - 58 anos com acentuada lesão degenerativa - artrose
 
Mulher - 45 anos com avançada artrite reumatóide e osteoporose
 
RM parcial do manguito rotador com lesão do tendão do supra-espinhoso


TENDINITE E BURSITE DO OMBRO

 
 
Mecanismo do “arco doloroso de Simmonds”
 
 

Bloqueio gleno-umeral



Conclusão

Todas estas lesões, afecções ou patologias descritas acima podem ser tratadas através da utilização dos exercícios de CODMAN. Pois a variação das formas posturais de tratamento e de movimentos programados favorece a execução do método para estes acometimentos a nível de ombro.

Levou-se mais em conta neste trabalho o tratamento da síndrome do ombro doloroso, que é a patologia que mais ocorre atualmente e serve como aplicação direta do método.



Referências Bibliográficas

1. Codman E. A.: The Shoulder. Thomas Todd Cp., Boston. 1934.

2. Gonçalves G.W. Periartrite do Ombro - Tratamento. Revista Brasileira de Reumatologia; 4:33, 1960.

3. Gonçalves G.W.: Via posterior para injeção da bolsa subacromial. Revista Bras. Reum.; 6: 29,1965.

4. Rotes-Querol R. Lience E., Escofer D.R.: Semiologia de los Reumatismos. Editorial Espaxs, Barcelona, 1965.

5. Steinbrocker O. et. al: Shoulder-hand Syndrome: Sympathetic block compared with corticotropin and cortisone therapy. Jama; 153: 788. 1953.

6. Vischer, Thomas L. Atlas of Clinical Rheumatology - 20.2 Non-Articular Rheumatism, 1968.

7. Fellet, A. e col. - Conduta terapêutica na periartrite de ombro. Clínica Geral; vol. 3, 1971.

8. Armstrong. J. R. Excision of the acromion in the treatment of the supraspinatus syndrome. J. Bone Joint Surg.; 31B: 436, 1949.

9. Dalton S.E. The Shoulder Rheumatology; Klippel. J. H. & Dieppe P.A. 1ª edition, Mosby.

10. Godinho G.G. Ombro Noções práticas de reumatologia; Moreira, C. & Carvalho, M.A.P. 1ª edição, Health, 1996.

Comentários
Pesquisar
Ligamentos da Clavícula
Samuel Ferreira 2008-05-30 18:22:36

Boa noite....
Faz 15 dias que fui submetido a uma operação de ligamentos da
clavícula devido a um acidente de moto. Tive que colocar 3 pinos que serão
tirados daqui umas 7 semanas. Essa operação que fiz é muito grave??? Qual a
função dos pinos??? Vou recuperar os movimentos totais da minha
clavícula??
Obrigado!!!
RE: Ligamentos da Clavícula
Administrador 2008-05-30 20:47:39

Caro Samuel,
lha sugiro que consulte um médico especializado em recuperação de
esportistas, existem algumas clinicas nesta área que até mesmo atendem
conveniados, só mesmo profissionais qualificados podem fazer este tipo de
avaliação. Na parte de links temos uma indicação.

Abraços,
Zette
lligamentos da cravícula
eliete ferreira 05.07.2008 2008-07-05 12:03:55

Zette,minha mae, com 79 anos, há 7 meses
caiu e rompeu ligamento no ombro, os
médicos sugeriram cirurgia, há 4 meses atras, o que nao foi possivel porque a

medica cardiologista esta pedindo exames
com muitos riscos, cateterismo , quer
dizer, correndo risco de morte por causa da cirurgia do ombro, ela fez

cateterismo e angioplastia há dois anos
e agora que sua saúde está se
equilibrando estão pedindo esses exames invasivos. Uma pessoa com rompimento de
ligamento na idade dela pode viver bem
sem a cirurgia, ela tem mais dores

quando faz serviços mais pesados. Será
que depois de 7 ou 8 meses o
ligamento
não atrofiou? Depois de correr todos esses riscos, se Deus permitir
chegar
viva até lá, será que a cirúrgia vai
ser possivel? Por favor me ajude a

pensar... Obrigada. ´
RE: lligamentos da cravícula
Zette 2008-07-06 02:40:06

Cara Eliete,
nosso portal (torneiosdetenis.com.br) destina-se a divulgar
torneios de tênis amadores no Brasil.

A matéria acima foi publicada em nosso
site por ter relevância na prática do tênis, pois muitos tenistas tem problemas
no ombro e articulações dos mebros superiores.

Nós não temos qualificação
médica alguma para ajudar nessa análise.

Sempre é bom ter a opnião de outro
médico, por isso continue sua busca e se tem dúvidas pergunte e pesquise por
mais informações mesmo.

Abraços,
Zette
rompimento do tendão.
Leticia Oliveira 2008-08-30 14:21:29

parabéns.Me ajudou mto,quero saber sua opiñião,foi me aconselhado fazer cirurgia
para correção:perda total do tendão.Fisioterapia não resolve?Me ajude.
RE: rompimento do tendão
Administrador 2008-08-30 18:01:13

Olá Leticia,
o artigo acima foi um apanhado de informações úteis que encontramos
na rede, por isso não existe um autor a quem vc possa dirigir sua dúvida.
Sugiro
que acesse a parte de links em nosso site e lah entre em contato com a clínica
de fisioterapia, eles sim são totalmente capacitados para lhe
ajudar.

Abraços,
Zette
deslocamento do ombro
renan 2008-09-18 11:27:07

pessoas q deslocam o obmbro uma vez tem tendendcia voltar a deslocar sempre que
impor a foça fisica no ombro?
RE: deslocamento do ombro
Administrador 2008-09-18 17:34:14

Olá Renan,
sugiro que acesse a parte de links em nosso site e lah entre em
contato com a clínica
de fisioterapia e tratamento clínico especializado, eles
sim são totalmente capacitados para lhe
responder.

Abraços,
Zette
será tenis elbow
jose pedro de oliveira junior 2008-10-09 12:34:06

casa nova-BA

tenho 32 anos, jogo com um colega de 47, jogamos cerca de 4 sets,
três vezes por semana, quando termina a partida fico com a articulação do punho
dolorida e com dor no osso da articulação do antebraço.
jose pedro de oliveira junior 2008-10-09 12:35:01

será que isso é sintoma elbow

obrigado

pedro junior
RE:será tenis elbow
Adminsitrador 2008-10-09 17:28:26

Pode ser sim, Pedro. Normalmente o tenis elbow é um pouco mais a cima, proximo
do cotovelo, de qualquer modo
visite um ortopedista, de preferência
especializado em atletas e esporte. Ele com certeza pode, com exames, lhe dar
dizer qual o problema e quais as soluções.
ombro
Anderson cardoso 2008-11-14 12:45:43

Boa tarde estou com tendinite bursite nos dois ombros tambem estou com lesao no
maguito rotador no ombro esquerdo deu derrame articular glenoumeral com
distensao liquida do recesso do subescapular no ombro direito alem da tendinite
e da bursite deu sindrome do impacto decorrente de displasia acromial do tipo 2,
tendinite ,peritendinite do supraespinhal, e pequenos cistos degenerativos
subcorticais no tuberculo maior do umero proximo a inserçao do tendao do musculo
supraespinhal, gostaria de saber se meu caso e de cirurgia eu gostaria de operar
porque se eu nao operar quando eu voltar a trabalhar vao me mandar embora
gostaria de saber se tem como abraços.
RE: ombro
Administrador 2008-11-17 12:44:31

Meu caro Anderson,
na equipe do torneios de tênis somos apenas tenistas, e
tenistas sempre tem algum tipo de lesão, uma hora ou outra.

Agora seu caso é
bem diferente e necessita da análise de um profissional, procure um médico
especialista em ombro e procure sempre uma segunda, terceira, quarta, quinta,
opnião. Até que tenha certeza do melhor a fazer para que esteja com melhor
qualidade de vida.

Abs,
Zette
dor no ombro
AISLENE BRITO 2009-02-15 09:22:48

Olá meu nome é Aislene e pratico dança de rua. Em um dos meus treinos estava
fazendo um movimento de parada de mão, no qual sustento o peso do meu corpo de
cabeça para baixo(bananeira e infelizmente cai. E desde então meu ombro esquerdo
tem me incomodado muito. Isso aconteceu há uns 3 meses e a dor é insuportável.
Tentei atendimento médico mas dependo do serviços públicos e até hoje consegui
atendimento na emergencia do Hospital . Onde me receitam antinflamatório e
quando o remédio acaba a dor volta. Gostaria de saber de há algum tratamento
que possa adiantar em casa até conseguir pagar uma clínica privada.
dor no ombro
vanessa 2009-03-03 21:50:57

Bem sinto dor no ombro a mais de um ano e desde então venho tratando ,tive
bursite primária já fiz o tratamento e melhorou por um tempo,mas agora a dor
voltou no mesmo ombro esquerdo mas nos exames de rx e ultrassom não aparecem
nada e mesmo com os rémedios ela não passa.obs(trabalho numa linha de montagem a
mais de 2 anos)oque pode ser?
RE: dor no ambro
Administrador 2009-03-09 15:31:18

Muito provável que tenha relação com seu trabalho, Vanessa.

Procure um médico
especializado, se possível fora do sistema único de saúde. A forma como você
dorme também pode contribuir para agravar essas dores.
RE: dor no ambro (da vanessa)
Administrador 2009-03-09 15:34:51

Vanessa,
procure a Massagista Dona Nena pelo telefone (11) 5072-4330 ou
5032-0175 e marque uma massagem, ela já resolveu diversos problemas em tenistas
que médicos não conseguiram. Ela está em São Paulo.
dor ombro tenista
luques 2009-03-19 16:36:32

Olá, tenho 40 anos, jogo 3 vezes por semana, e estou com dor no ombro direito a
mais de três meses e até agora o médico não conseguiu resolver, a dor é somente
no movimento do saque e smash (de cima p/ baixo), já fix RX e ultrassom e agora
estou fazendo fisioterapia, mas a dor continua. O médico que consulto disse que
era Sindrome do Impacto?? Até agora somente anti-inflamatório tirou a dor. O que
vc acha??
RE: dor ombro tenista
Adminsitrator 2009-03-22 01:18:47

Caro Iuques,
nesse caso você tem algumas tentativas a fazer ainda.

Tente ir até
a Dona Nena, em São Paulo, é uma massagista que dá ótimas dicas de como resolver
seu problema sem precisar parar de jogar, ele é humilde e simples mas é muito
eficiente, no mínimo vc terá uma melhora com a massagem dela.

Depois você pode
procurar ajuda médica especializada, existem especialistas que são caros, raros
e ótimos em ombros de esportistas e o tênis é um esporte que tem muitos
pacientes pra eles.

Mas de uma forma ou de outra você vai ter que encontrar um
equilíbrio, mudar a forma de jogar é algo inevitável nesses casos, além de saber
que passar dos limites é sempre sinônimo de mais dor. Por isso saber conviver
com ela é algo que também deve conseguir, em um nível que seja tolerável,
lógico.

A dor é uma manifestação do seu corpo, dizendo que algo está errado no
seu uso, você deve conseguir chegar nos seus objetivos com o uso correto dele e
não as custas dele, isso é o ideal.

Lembre-se sempre de usar raquete com
anti-vibrador e dê preferência para raquetes leves com sistema que ameniza as
vibrações no braço.

Abraços,
Zette
peritendinite
vanda maria 2009-05-06 14:36:59

fazer acupuntura cura
RE: dor ombro tenista
Administrator 2009-05-06 15:27:04

Vanda, boa dica!

De fato acupuntura é um tratamente que muitos tenistas e
esportistas usam para ajudar na resolução de suas lesões.

Só que tanto a
acupuntura quanto massagem e outros tratamentos não serão 100% da solução, se
você não alterar o foco gerador do problema e conseguir entender de fato o que
está causando a dor, ela pode voltar.

Fazer musculação para o fortalecimento da
musculatura usada nos golpes do tênis também é algo que ajuda muito na resolução
eficaz e definitiva deste tipo de lesão.

Abraços
dores no ombro esq.
alex sandro borges 2009-05-24 20:14:03

Olá a todos, meu nome é Alex tenho 31 anos e á 5 anos venho tendo este problema
em meu ombro que seria:
tendinite, bursite, tenossinovite, e derrame articular
com cisto em cabeça umeral.
venho por este link achar alguma pessoa que passa
ou ja passou por essa e me possa dar uma direção para poder se não sanar mas
pelo menos aliviar as dores que não é fácil de noite e de dia com o peso do
braço com a tipóia e pior ainda sem ela.
se souberem de médico e tratamento que
me possam enviar umaluz e sem mais fico com as dores .
paz á todos oa homens de
bem .
dores no ombro esq
stela 2009-05-26 20:00:51

Alex, Tenho o mesmo problema a 1 ano e meio; Uma dor horrivel nos ombros, por
causa de cistos na cabeça umeral e tendinite. Nao tenho derrame articular, mas
tenho artrose e espessamento do ligamento córico-acromial.
Voce terá que se
armar de muita paciencia, pois o tratamento é demorado.
Somente um bom
Ortopedista pode avaliar qual o melhor tratamento, com base em uma ressonância
magnetica.
Se o medico pedir apenas um raio X, nao aceite, pois ja fiz muitos
tratamentos ineficazes por causa de diagnosticos errados. O mais importante é
voce nao forçar o braço de forma nenhuma, pois pode piorar.

Sessoes de
fisioterapia servem para diminuir as dores e a inflamacao, mas é um paleativo,
nao resolvem em definitivo. Eu sei porque fiz 48 sessoes, sem resultado.


Tomo Tandrilax ou Tanderalgin, que melhoram muitissimo as dores mas nao é
recomendado tomar seguidamente pois pode causar danos ao estomago.
Vou voltar
ao medico essa semana com os ultimos exames e ouvir o tratamento mais adequado.

Depois, escrevo novamente, se ajudar.
Um abraço,
dores no ombro esq
stela 2009-05-26 20:06:48

Ah! esqueci de anexar o link para um artigo que encontrei falando sobre o
assunto. Acho que pode ajudar.

http://boasaude.uol.com.br/realce/email
orprint.cfm?id=11857&type=lib
agradecimento
alex sandro borges 2009-06-05 09:52:21

stela, obrigado pelo seu apoio e a orientaçõa dada ao nosso caso pois então ja
tomei os mesmos remédios que vc mas ai foram bons quando davam resultados agora
estou se medicando em um PS com um medico de medicina esportiva que mandou meu
caso pra frente com seus superiores.
mas ai manda ai seu email vamos trocar
dores rsrsrsrsrs digo experiencias ...
comodoro.borges@hotmail.com e ou
carac_ale@hotmail .
bom seeu estiver bom pra digitar rsrsrsrs.
grande
agadecimentos pelo seu apoio e to ai tbm se souber de novos métodos te aviso
com ceteza.
bom dia pra vc ........... ale .
Anônimo 2009-07-14 19:36:25

fiz um exame de utrasso e deu tenossinovite biceptal o que é
RE: Tenossinovite
Administrator 2009-07-23 17:27:34

Tenossinovite é um evento reumático que se caracteriza pela inflamação do tendão
e da sinóvia adjacente à esse tendão (Teno=tendão; sinovio=sinóvia;
ite=inflamação). A tenossinovite se caracteriza por uma tendinite (inflamação do
tendão) que, devido à inflamação, aumenta de volume e acomete a sinóvia
adjacente pelo atrito entre as partes. Pode apresentar sintomas como dor na
região à palpação, pode ser observado aumento de volume, aumento da temperatura,
limitação do movimento, etc.

As medidas conservadoras incluem:

Repouso
absoluto da articulação até cessarem os sintomas;
Imobilização com
Bursite e peritendinite cacárea
Gabriela 2009-08-12 18:50:29

Quería saber o que é peritendinite calcárea, porque a minha vó de 72 anos tem
isso e bursite no ombro...e isso faz com que ela não consegue nem mexer o
ombro...tem algum remédio que possa ajudar a resolver isso?
para Gabriela
Administrador 2009-08-18 15:02:41

Consulte um médico especializado, nós aqui do Torneiosdetenis.com.br apenas
publicamos informações úteis para tenistas e não somos qualificados para
responder dúvidas médicas.

Abs,
Zette
dor no ombro pode ser vesicula
vilma nogueira 2009-08-29 22:12:19

olá , tive durante 2 anos muita dor no ombro direito.Não conseguia dormir, pois
a dor era insuportavel.Fiz varios rx, tomei muitos medicamentos e a dor não
passava.Um dia passei mal do estomago e fui a um PS, e lá fui informada que
estava com vesicula inflamada, o qual tive que fazer uma cirurgia para
retira-la.A MAIOR SURPRESA FOI NUNCA MAIS TER A TAL DOR NO OMBRO, PASMEM ....A
DOR ERA REFLEXO DA VESICULA QUE ESTAVA ACOMETIDA POR UMA INFECÇÃO...VALE A PENA
INVESTIGAR A VESICULA QUANDO SE TEM DOR NO OMBRO DIREITO.ABRAÇOS A TDS.
Anônimo 2009-09-14 12:32:59

Dor no ombro
Daniela Amorim Corrêa 2009-09-24 14:22:14

Acabei d pegar o resultado d uma radiografia digital e nele diz o
seguinte:Discreta irregularidade do osso subcortical da grande tuberosidade
umeral,relacionado a impacto.Espaços articulares preservados.Tecidos moles sem
alteração significativa.O q significa isso?Pode me prejudicar no meu
trabalho?Meu braço dói mto.Desde já,obrigada!
Daniela
DOR NO BRAÇO
Daniela Amorim Corrêa 2009-09-24 14:23:26

Acabei d pegar o resultado d uma radiografia digital e nele diz o
seguinte:Discreta irregularidade do osso subcortical da grande tuberosidade
umeral,relacionado a impacto.Espaços articulares preservados.Tecidos moles sem
alteração significativa.O q significa isso?Pode me prejudicar no meu
trabalho?Meu braço dói mto.Desde já,obrigada![b]
RE: DOR NO BRAÇO
Administrator 2009-09-25 01:16:33

oi Daniela.

Se vc foi fazer esses exames com certeza era uma solicitação de um
médico, vc já levou esses resultados pra ele ver? Se sim oq ele disse? Só um
médico pode lhe ajudar nesse dignóstico e tratamento.

Nós aqui somos somente
tenistas ok.

Abraços,
Zette
dor no ombro
kelly 2009-10-03 21:46:02

ola sinto muita dor no ombro a um ano e meio fiz duas utrassons e um raio x na
primeira deu inicio de tendinopatia tomei remedio mas não adiantou um ano depois
fiz a outra deu ronpimento parcial do tendão estou de beneficio tomando remedio
novamente mesmo assim sinto dores insurpotaveis oque devo fazer? trabalho em um
supermercado como embaladora e foi lá que adquiri a doenção diz os medicos tenho
medo de voltar e piorar o quadro.
dor no ombro
Stela 2009-10-04 13:02:55

Kelly,
Eu tinha tambem dores insuportaveis no ombro. Tomava muitos remedios por
dia por causa da dor.Fiz exames de ultrasom, eletroneuromiografia e ressonancia
magnetica. O resultado foi: leve artrose, espessamento do ligamento, tendinite
na supraespinhal, no tendao e na intra-articular.

Fiz mais de 40 sessoes de
fisioterapia, acumpuntura e RPG, mas nao adiantou.
Entao decidi operar. Faz
dois meses que operei, ainda estou fazendo fisioterapia, mas trabalho
normalmente, faço de tudo, e nao sinto mais dor. Apenas quando forço nos
exercicios ou fico muito tempo com uma postura errada é que sinto um pouquinho
de dor, mas nao tomo mais remedios. No meu caso, a operacao deu certo. O mais
importante agora, segundo o medico, é a postura correta e nao repetir movimentos
iguais por muito tempo.
No seu caso, por exemplo, tentar embalar as compras,
modificando sempre os movimentos utilizados para isso. Para quem trabalha no
caixa ou no computador é pior, porque nao dá muita margem de mudança nos
movimentos.Te desejo boa sorte e que voce consiga se recuperar!
re: dores no ombro esq
Stela 2009-10-04 13:10:33

Alex, somente agora vi a sua resposta. Eu ja operei e estou bem, conforme a
mensagem que enviei para a Kelly, abaixo. Espero que voce tenha melhorado.
Um
abraço
agradecimento...
Maria Adalha de Marrocos Sampa 2009-12-29 19:00:54

Adorei estes informações sobre dor no ombro. Estou sofrendo dor no ombro direito
ha tres meses. Já tomei ante inflamatorio e vou procurar um ortopedista agora
estou sabendo como explicar as minhas dores. Obrigada.
ademar queiroz 2010-01-19 19:08:56

Fui ao ortopedista por causa de uma dor no ombro,ele me recomendou um raio x e
no laudo estava escrito: osteófito na cabeça do umero tênue calcificação no
mangutio rotador do ombro ele me passou antinflamatorio e sessões de
fisioterapia. O tratamento é correto?
Obrigado
Dor no ombro
Antonio da Lapa 2010-01-25 17:15:09

Para imprimir
Antonio da Lapa 2010-01-25 17:15:31

Imp
carmen 2010-01-31 07:50:29

Bom dia! Tenho 50 ano e recentemente descobri que tenho calcificação no ombro
direito (diagnóstico feito após raio x), e o médico receitou anti inflamatório e
tambem sessões de fisioterapia, mas a evolução não tem sido satisfatória.
Continuo com as dores no braço, principalmente à noite. Faço exercício de
musculação e temo que isto piore, não sei se devo continuar a faze-lo, bem como
se a digitação é um agravante. Caso possam me ajudar, agradeço.
Anônimo 2010-02-18 22:28:55

Clínicas
Fabrício Lopes 2010-02-21 12:23:52

Voces tm alguma sugeestão quanto às melhores clínicas médicas especializadas em
emdicina esportiva de SP?

Agradeço

FAbrício
RE: Clínicas
Admin 2010-03-03 02:13:25

Caro Fabrício,
na parte de LINKS do site tem sim uma área de ORTOPEDISTAS e
lah colocamos o link para o site do doutor Rogério que é
ortopedista especializado em lesões do esporte, veja lah ou entre em
contato com ele pelo e-mail rogerio@neoesporte.com.br

Abraços,
Zette
lesão no ombro por esportes
Alexandra Iarussi 2011-03-12 13:54:24

Olá Zette,
Primeiro queria agradecer pelo espaço. Este artigo (acima) me foi
bastante útil.
Estou com uma lesão no ombro decorrente da prática do surf e
acabei de pegar minha ressônancia.
E basicamente, o que encontrei aqui foi:
-
peq. derrame articular glenoumeral;
- irregularidades do complexo
bíceps-labral;
- alt. de sinal do tendão do supra-espinhal, sem roturas
definidas, com aspecto sugestivo de tendinose;
- Peq. espessamento e aumento na
quant. de liquido na bolsa subacromial, sugerindo reacao bursal.
Estou com o
ortopedista agendado, mas nao canso de procurar na internet para saber da
gravidade da situacao.....O sr. acha que isso é muito grave??????


Obrigada!
Abs.
Alexandra
rompimento de ligamentos do ombro apos fisioterapi
Andrea 2011-09-14 17:01:51

Meu sogro teve um avc e prejudicou os movimentos do braço esquerdo, em 2 meses
de fisioterapia particular e pelo convenio ele estava voltando os seus
movimentos,mas em algumas sessões de fisioterapia com uma determinada pessoa ele
reclamava muito de dor nos exercícios e a fisioterapeuta falava que esra assim
mesmo e que era para fazer....mas ele falava que estava doendo muito e ela
forçava o seu movimento alegando que era assim...conclusão ele parou de fazer
pelo convenio e continuou as fisio só com o particular.Mas ele está com os seus
movimentos meio atrofiados, pois reclama de dor e depois que fez o ultra som e
deu rompimento dos ligamentos, está fazendo menos exercícios ainda. É comum
acontecer esse tipo de rompimento com fisioterapia? O que ele deve fazer se o
caso dele já estava comprometido os movimentos por causa do avc? Agradeço desde
já,e espero por uma resposta.
re: rompimento de ligamentos do ombro apos fisiote
Administrator 2011-09-23 21:44:04

Andrea escreveu:
Meu sogro teve um avc e prejudicou os movimentos do braço esquerdo, em 2
meses de fisioterapia particular e pelo convenio ele estava voltando
os seus movimentos,mas em algumas sessões de fisioterapia com uma
determinada pessoa ele reclamava muito de dor nos exercícios e
a fisioterapeuta falava que esra assim mesmo e que era para
fazer....mas ele falava que estava doendo muito e ela forçava o seu
movimento alegando que era assim...conclusão ele parou de fazer
pelo convenio e continuou as fisio só com o particular.Mas ele está
com os seus movimentos meio atrofiados, pois reclama de dor e depois
que fez o ultra som e deu rompimento dos ligamentos, está fazendo
menos exercícios ainda. É comum acontecer esse tipo de rompimento
com fisioterapia? O que ele deve fazer se o caso dele já estava
comprometido os movimentos por causa do avc? Agradeço desde já,e espero por
uma resposta.


Andrea,
aqui não podemos fazer nenhum tipo de avaliação médica, não
temos essa competência, estamos apenas informando sobre possíveis
formas de evitar e melhorar as questões que estejam ligadas ao tênis
como esporte.

Indico que procure diversos médicos especialistas no
assunto para que com exames clínicos seu sogro posso ter maior
qualidade de vida.

Estimo melhoras,
Zette
dor no ombro
Diego santos 2011-10-05 15:30:51

oi!
Eu estava sintindo dores no ombro , procurei um médico que passou uma
ressonancia, peguei o resultado hoje e no laudo está dizendo que eu tenho cistos
no umero ,eo maior cisto tem 1 cm.
Isso é caso para cirurgia?
PS: Eu vou
retoenar no médico ,só que é semana que vem e estou muito angustiado.
isso é
caso de cirurgia ou tratamento conservador?
Somente usuários registrados podem escrever comentários!

3.21 Copyright (C) 2007 Alain Georgette / Copyright (C) 2006 Frantisek Hliva. All rights reserved."

 
GNU/GPL 2014 Torneios de Tenis
Tenis vicia, aprecie com moderação.
extra contraindications prednisone and zoloft how to stop taking estradiol xanax late pregnancy what if you take two cialis pills at once viagra jackets inexium viagra porn video hydrocodone cats maxa hydrocodone dose german xanax homemade hydrocodone how to iv ambien lorazepam acne can i take metabolife while on lexapro zyrtec d male impotence xanax male fertility melatonin and valium bolest cialis inexium english name can accutane cause infertility in men bringing xanax on a plane valium percocet interaction lorazepam high feeling hydrocodone and sex pros of lorazepam how much do people charge for one xanax whats a good substitute for hydrocodone wellbutrin with norco accutane erection can i take pseudoephedrine with xanax how to enhance xanax can you get clomid over the counter transition from zoloft to cymbalta viagra cost in mercury drug can you smoke valium can you take cyclobenzaprine with hydrocodone viagra prag lamictal and grapefruit juice chinese xanax chantix and hydrocodone blue cross blue shield federal cialis viagra before colonoscopy xanax 250mg over the counter hydrocodone substitute hydrocodone and a glass of wine valium legal or illegal clomid in spanish nextdaytramadol valium coffee inject cymbalta buspirone and lorazepam tussionex and ambien cymbalta lyf ordering vasomax forced viagra roaccutane thailand prednisone vr 250 prednisone and emotions phentermine streetname vytorin producer prednisone controlled substance ambien suicide viagra erotic stories hydrocodone day after how long after taking valium can i breastfeed how to freebase hydrocodone valium elixir xanax 250mg street value of hydrocodone 349 help paying for cymbalta online doctor consultation hydrocodone hydrocodone watson 853 is viagra dangerous for teenagers slang for viagra hydrocodone with flu zoloft and sudafed how to get the best high from hydrocodone vaginal bleeding after xanax phenobarbital and tramadol difference between volume, xanax 15 mg hydrocodone high cymbalta schedule order xanax blister packs cialis angeles city hydrocodone how to blow how much hydrocodone should snort phentermine male sex wellbutrin xl discount card estradiol extraction soma vacuum device valium and congestive heart failure shelf life of prednisone watson 349 hydrocodone street value